sábado, 17 de dezembro de 2011

Publicidade X Cinema

Filmagem em Carababa
Nem acredito que estou tendo tempo para escrever aqui... Tantas coisas aconteceram nos últimos meses, entre elas, fiz assistência de produção do longa-metragem " O fim e os Meios" do cineasta e agora amigo Murilo Salles, e pude passar 3 meses apenas produzindo o filme, longe da publicidade.
Aqui em Alagoas foram apenas 6 diárias de filmagem, em Brasilia 8 semanas e no Rio 3. Mas melhor que ter tido a honra de participar do filme, foi conhecer pessoas maravilhosas que me ensinaram muito.
Ok, partindo do princípio que o produtor é um resolvedor de problemas, não tem muita diferença entre cinema e publicidade, mas no cinema todos os problemas são pensados com antecedência, a gente tem planejamento, claro que um motorista pode se atrasar, a comida não chegar na hora, enfim... Somos seres humanos, contratando seres humanos...
Mas uma coisa muito muito, muito diferente é a quantidade de profissionais envolvidos, e cada um cuidando apenas da sua área, temos produtor, platô, 1assistente de direção, 2 assistente de direção, contra regra... Citei esses profissionais porque descobri no filme que aqui, o produtor acumula todas essas funções! E é por isso que as vezes não funciona, simples assim! Como diz minha diretora de produção, Joana Araújo, ou se tem tempo, ou dinheiro! Na publicidade na grande maioria das vezes não temos nem um, nem outro! E ai, caso o produtor não tenha um canal direto com o Todo Poderoso, é melhor desistir porque o fator milagre nesse caso é fundamental!
Sem trocadilho , posso dizer com certeza, que " O fim e os Meios" pra mim, foi na verdade um novo começo, e principalmente, um novo desafio!
Conheci pessoas maravilhosas, profissionais incríveis, que ficarão para sempre na minha vida!
Queria muito agradecer ao Murilo Salles, que acreditou em mim! E além disso, me fez estreiar como atriz ehehe contracenando com Marcos Ricca. Ok que eu estava fazendo um papel de uma produtora, dentro de um estúdio... rsrsrs mesmo assim, tremia de nervoso!
Na verdade o que eu quero deixar registrado é a experiência incrível que eu tive a sorte de ter, e dizer que volto pra publicidade, tendo a certeza que não ficarei mais por muito tempo!

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

MMF "O FESTIVAL"

Pra quem acompanha meu blog, ou me conhece, sabe que eu sou paulista, mas que moro há mais de 10 anos em Maceió.
Dito isto, me sinto muito a vontade para dar a minha opinião sincera sobre a hipocrisia que paira sobre a grande maioria das pessoas que habitam esse lugar.
E falo isso com a propriedade de quem chegou aqui, em 1999 e teve a brilhante ideia de começar a produzir festas do rock, sim, porque eu achava que o que faltava era boa vontade da parte dos produtores, e lá fui eu me propor em fazer festas incríveis, (para os outros), eu por exemplo adiantei o parto do meu filho por conta de uma dessas festas. Se valeu a pena? Jamais... A grande maioria das pessoas nessa cidade só vai à shows de forró e axé! E pagam o preço que for! fazendo com que eu desistisse de proporcionar momentos muito legais, para poucas pessoas!
 NUNCA ganhei o dinheiro que mereci, nunca foi justo! Mudei de área, e hj sou produtora de audiovisual. Mas eu fiz essa introdução para falar do MMF, MACEIÓ MUSICAL FESTIVAL, que tive o grande prazer de trabalhar na produção, a convite do meu amigo Gustavo Alcantara, da G.A Produções, e pude ver o brilho no olho, mesmo  apostando tudo, pra poder fazer o melhor festival de musica já visto em Alagoas!
E isso aconteceu! Tivemos nos dias 16 e 17 de setembro, o maior evento de rock and roll em Maceió!
Se tivemos problemas? Óbviu! Se vcs soubessem como é dificil  administrar 10 , 20, pessoas em qualquer  empresa, imagine empregar diretamente mais de 1000 pessoas, entre estrutura, musicos, produtores,som, luz, restaurantes, bares, bilheterias, carregadores, segurança, só de uma equipe de segurança tinham 240 homens!
 Minha gente, é muita coragem, e muito amor pelo que faz. Tanto que tudo foi feito dentro do maior rigor do mundo, com todas as autorizações pedidas.. prefeitura, bombeiro, defesa civil... TUDO CERTO NA VIDA!
Mas mesmo assim, tivemos um incidente no camarote pouco antes do show do Kid Abelha, pra ser mais exata, 7 minutos antes!
Momento em que começou a chover, e as pessoas no intuito de se abrigarem, subiram ao mesmo tempo no camarote, e a escada acabou cedendo!
Na hora em que vimos algumas pessoas correrem, não sabíamos ao certo do que se tratava, briga talvez? Quando descobrimos o que realmente tínha acontecido, começamos a acionar o corpo de bombeiros, UTI móvel (que estavam no local) e nem tivemos tempo de pensar em mais nada, somente em dar assistência as vítimas que chegavam até o nosso camarim, e graças a DEUS, sem ferimentos graves, tanto que  NENHUMA pessoa teve que ser hospitalizada. TODOS foram socorridos e liberados no próprio local.
E naquele momento eles eram a nossa prioridade! 
Mas não podíamos desrespeitar as milhares de pessoas, que aguardavam em baixo de chuva o show começar, e tivemos que continuar a programação, afinal, pode ser clichê, mas o show não pode parar! Até porque NÃO foi uma tragédia, foi um INCIDENTE.
Mas na era digital, todo mundo é jornalista... principalmente da imprensa marrom, porque eu nunca vi, a capacidade que as pessoas tem de falar mau de tudo!! tanto que a média mundial é a seguinte, se a pessoa gosta de alguma coisa, comenta com 5 pessoas, mas se não gosta comenta com 17.
Em nenhum lugar está escrito que NÂO tivemos nenhuma ocorrência nos 2 dias de festival!! NENHUM assalto, NENHUMA BRIGA! Pra se ter ideia, nos últimos shows que tem acontecido aqui, são registradas cerca de 40 ocorrencias.Mas paz não vira notícia! muito menos é postado no twitter, ou face.
As pessoas se apegaram ao fato do camarote ceder, e esqueceram completamente o esforço sobre humano de milhares de pessoas em proporcionar pra ELAS os melhores shows do Brasil, e tentar de uma vez por todas tirar Maceió desse umbral cultural, e tratar o público com RESPEITO! Por exemplo, não vi ninguém postar que depois do atraso de 30 minutos (no primeiro dia), que acabou prejudicando o tempo de apresentação do Palhaço Paranóide ( e lamentamos muito ), não houve mais nenhum tipo de atraso, isso é  sinal de  respeito ao nosso público, mas isso também não vira notícia!
Legal mesmo é falar mau, meter o pau e depois ficar reclamando que não tem nada que preste pra fazer nessa cidade! Até porque daqui a algum tempo não terá mesmo, porque a gente vai desistindo de trabalhar tanto, e não ter um pingo de reconhecimento!
Deixando bem claro que isso tudo que eu escrevi é responsabilidade única e exclusivamente minha, eu realmente precisava desabafar!


Adriana Manolio

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Tietagem.com.br

Eu sempre adorei mudanças, e se for radiacal então... acho que foi uma opção pra ser feliz, já que morei em mais de 25 cidades até os 17 anos, ou seja, ou eu me adaptava, ou cortava os pulsos... ainda bem que naquela época não existiam os emos.. escapei por pouco! Mas de qualquer maneira o punk rock me ajudou um pouco a superar a adolescência, que cá pra nós é um período muito dificil na vida de um ser humano...
Prova disso é a quantidade de pessoas que fazem qualquer negócio para estarem perto de seu ídolo!!
 Ok, eu acompanhei o Barão Vermelho por muitas cidades, viajava de carona, sem um puto para os shows, mas sem histeria, sem celular que tira foto, sem passar 3 horas numa fila pra ter o grandeeeee prazer de tirar uma foto, eu tava ali pelo amor ao rock, ao som, a pegada!! 
E hoje em dia a grande maioria dos fãs, colecionam fotos de celebridade.. nem importa quem são exatamente! É quase um " ô famoso, ô famoso"  deixa eu tirar uma foto, como se fosse um troféu! e em 30 segundos estará no facebook, twitter, orkut... todas as redes sociais...
Minha gente, eu fiz a produção de camarins no MMF, e ví todo tipo de manifestação, afetação, e falta de noção de centenas de adolescentes que deixam de  curtir o festival, para perder um tempo precioso tentando ver mesmo que de longe o "artista". Alguns com os nomes dos "artistas" tatuado no corpo!!
Vale lembrar que não estou julgando não, inclusive estou tocando nesse assunto pra exorcisar já que eu era a pessoa responsável pelos camarins do festival , e tive que ser tão chata (não que eu não seja), mas de uma forma desnecessária, aos 38 anos poderia ser mãe de qualquer um deles! Dificil era faze-los entender que o show acontecia na frente do palco e não atrás!

sábado, 13 de agosto de 2011

Você acredita?


Não era fumaça!!
Apesar dessa foto já ter sido postada aqui, resolvi contar a história dela, já que de todas as produções essa foi a mais sobrenatural de todas.
Tenho minha própria religião, minha relação com Deus é direta, não gosto  e nem permito que ninguém fale em meu nome. Mas às vezes acontecem algumas coisas que não entendemos, essa foto é um exemplo disso!
Nela estão, eu, Rochele, Juliana e ao fundo com a cara pintada, o Rogério, vulgo Zulu.
Essa foto foi tirada no primeiro dia da ação do Detran para a campanha de caranaval, com o tema "se beber não dirija".
Estávamos nos preparando para começar a ação e resolvemos tirar uma foto com as 3 coordenadoras da campanha, e na era digital a gente tira a foto e vai ver se prestou, e foi ai que nos deparamos com essas luzes, o que nos deixou com uma não, várias pulgas atrás da orelha!! O próprio fotografo que nos acompanhava dizia ser alguma coisa sobrenatural, outas pessoas diziam ser fumaça... Mas vamos lá, não sei se vcs conhecem todas as qualidades de fumaças? Eu conheço várias e elas não fazem essas formas e se vc reparar tem uma luz saindo do uno branco (nosso carro de produção) que está tão longe das outras luzes que destrói a tese da fumaça..
Outro fato curioso, é que acima de mim, tem (na minha concepção) um anjo.. Uma perna está por cima do meu braço, a outra está dobrada, como se estivesse com o joelho na minha testa, logo acima podemos reparar um tronco com duas mãos se unindo, como se estivesse segurando uma luz, acima, o formato da cabeça, e as asas... Eu pelo menos consigo vê-lo!
Essa foto foi revelada em vários locais diferentes, colorida, pb... e em nenhum local ninguém conseguiu me dizer o que significava essa foto. Por isso, partimos para o San Google, que foi quem me disse que se tratava de ectoplasmas, ufa!! Que bom.. mas como assim?? Porque em cima da gente??
Na verdade até hj não obtivemos a resposta, mas naquele ano conseguimos diminuir o número de mortes nas estradas no período do carnaval... Mas não estivemos nessa missão sozinhos! E pra quem não acredita que anjos existem... eu só lamento!!

domingo, 10 de julho de 2011

Portfólio do diretor Luciano Gama

Vale a pena ver o portfólio de Luciano Gama, são cenas lindas!
 Estou muito orgulhosa de ter participado de muitos desses trabalhos e mais orgulhosa ainda de ver um texto meu com cenas tão lindas... Obrigada diretor por acreditar no meu talento eheheheh






Crack, o fim dos tempos?


Essa semana eu produzi um documentário que mexeu muito comigo.
Nossa missão era mostrar o atendimento de uma equipe de assistentes sociais, piscólogos e voluntários, em um consultório de rua, funcionando no centro da cidade e que atende viciados em crack, alcólatras e moradores de rua.
E sinceramente, não da pra ficar indiferente a essa realidade. Eu sou mãe, e ver uma criança de 8,9 anos fumando crack, e pedindo pra gente sair dali porque estavamos estragando a "paranoia" dele, realmente não é uma cena que ninguém esteja preparado para ver, a gente prefere fingir que estão bem distantes de nós.
E isso só faz pior a situação! Quando surgi uma pandemia como a H1N1 por exemplo, o mundo todo se mobiliza, as vacinas são produzidas em tempo record, todos os países se unem pra resolver o problema, todos são solidários, e obviamente milhões de dólares são gastos, afinal de contas é um problema de saúde pública! SIM, mas o crack também é um problema de saúde pública! A cada dia que passa milhares de pessoas se viciam, mas enquanto isso não atinge diretamente vc, nada acontece...
No meu caso, perdi meu irmão de 16 anos, vitima de um latrocínio (assalto seguido de morte) por um rapaz de 18 anos, viciado em crack, e que em 3 dias cometeu 1 homicídio, 1 latrocínio, 1 estupro e só foi preso porque participou de uma chacina!
Ah, e meu irmão foi enterrado no dia do meu aniversário.
Se alguém dos direitos humanos nos procurou?
Claro que não, ninguém foi perguntar se minha mãe tinha saído do estado de choque, ou o que seria da nossa vida depois daquele crime?
Mas estavam lá, pra defender o assassino do meu irmão, que tinha levado uma surra da policia!
Meu irmão era atleta, não bebia, não fumava, era um bom menino que foi levado embora precocemente vítima do crack!
Ou seja, ignorar que eles existem, ou achar que isso está distante de nós, é o pior erro que podemos cometer.
E o mais louco de tudo é pensar em todos os destinos que foram mudados por causa dessa única bala que atingiu meu irmão. Eu, meu filho, minha mãe, o marido da minha mãe mudamos de cidade, automaticamente isso atingiu diretamente os filhos do marido da minha mãe, o pai do meu filho, minha amiga que veio me visitar e resolveu mudar pra ca, com a filha dela, que ficou longe do pai, o meu filho mais novo que nasceu aqui e que tem mais 6 irmãos..enfim são dezenas de destinos modificados a partir de 1 ato de violência!
Isso foi em 99, até agora eu só vejo a situação piorar, e em proporções catastróficas, e o pior de tudo é que eu não vejo perspectiva de melhora, cada vez mais o medo toma conta da sociedade.
Vi muitas histórias essa semana, me sensibilizei com muitas pessoas, e vi que estamos cada vez mais longe de conseguirmos mudar essa realidade, a velocidade que o crack se espalha e inversamente proporcional a quantidade de ações que vem sendo realizadas para o combate dessa doença que além de estragar o corpo, compromete a alma, apagando o brilho do olhar, e tirando cada vez mais a humanidade do ser!

terça-feira, 5 de julho de 2011

Depoimento de uma ex fumante!!

Estou há exatamente, 14 dias, 11 horas e 51 minutos sem fumar, e tenham certeza de que cada minuto é repleto de muita força de vontade!
Nesses mesmos 14 dias, a balança registra um acréscimo de 4 kg para que o meu desespero fique maior ainda, e mesmo com toda a minha dedicação diárias de 2 horas de academia, que diga se de passagem só é diária porque possui uma lan house para que os filhos dos alunos fiquem hipnotizados, enquanto os pais malham!! A ideia é genial, pois a própria criança passa a te atormentar para que vc vá à academia! E vc desconta na esteira o ódio da humanidade que vc possui naquele momento, afinal de contas vc  não  pode nem fumar um cigarro...
E dá-lhe tentar se distrair, em vão é lógico! Até porque fumar um cigarro, acaba sendo um momento tão intimo, uma companhia acima do bem ou do mal. O melhor seria mesmo que não fizesse mal, porque é muito bom fumar!!
Mas mata, e isso é uma merda! E foi justamente por esse pequeno detalhe, que decidi parar.
E nem fiquei falando pra todo mundo que iria parar pra que não ficasse aquele papo chato, preciso parar, segunda feira eu paro, esse é o último maço que eu compro... balela, se vc quer parar, para e pronto.
Ficar falando e não parar, irá fazer com que nem você, acredite em você, e nesse momento então, não te restará mais nada!!
Parar de fumar é uma decisão dificil, e mesmo com chantagens de filhos, as vezes vc ainda precisa de um empurrãozinho... Eu passei por uma experiência bem esquisita... Eu estava produzindo um documentário em um hospital, e na falta de figuração, sempre acabo emprestando a minha modesta  e humilde imagem para os meus clientes, e lá fui eu entrar na máquina de radioterapia, utilizada no tratamento de câncer!
E passei pelo menos 30 minutos deitada indo e voltando naquela máquina, pensando na quantidade de gente que já havia se deitado daquela mesma forma, mas diferentes de mim, eram os personagens principais da história, e fiquei pensando que,  se cada um deles tivesse feito um test drive naquele equipamento um ano antes de ficarem doentes? O que poderia ter mudado?
Seguramente fariam de tudo para nunca precisarem ficar com  aquela radiação indo e voltando, indo e voltando e pediriam a Deus uma nova chance, para fazerem tudo diferente! E a grande ironia era que eu estava tendo essa chance!!
E ai, entra o bom e velho livre arbítrio....
Confesso que a quantidade de vezes que eu penso em cigarro em 24 horas é no mínimo 300 vezes, ou seja, o dia inteiro, a cada lugar que eu ia com uma amiga pra fumar um cigarro, a cada almoço que pedia um cigarro, até para o cérebro entender que a refeição havia terminado, ou aquele café expresso maravilhoso que eu tomava só pelo prazer de  fumar um cigarrinho...
E os 25 anos em que fui refem de isqueiros? Inclusive eu continuo saindo com o isqueiro pra o caso de eu querer cometer suicídio de uma maneira mais rápida...
E não é só isso, agora eu nem sei o que colocar nos bolsos das minhas bolsas? A maioria delas tem o espaço perfeito do cigarro!!!
Eu sei que tudo é possivel, que existe o segredo, o segredo do segredo, o poder... o adesivinho de nicotina... mas no fundo o que funciona mesmo é o que vc quer, ou o que vc não quer pra sua vida...
E no meu caso, eu quero viver mais!!
Mesmo gostando do ritual, do momento, da companhia... Eu tive a chance de fazer uma opção, a de me tornar não fumante, ou ex fumante só por hoje... Amanhã será mais facil do que foi hj.. e assim vai, na fé...
Um dos absurdos é fazer a estimativa de quanto já gastamos com cigarros durante toda a  vida, no meu caso, gastava mensalmente no mínimo R$ 150,00, multiplicando pelos  25 anos, o investimento chegou a R$ 45.000,00.
To aqui pensando o que eu faria se a Sousa Cruz me devolvesse esse dinheiro?  
Quantas coisas eu poderia comprar?
Muitas coisas poderiam ser compradas com esse dinheiro né?
Mas o que não pode nem nunca poderá ser comprado, é o tempo das nossas  vidas!!

sexta-feira, 24 de junho de 2011

A vingança das separadas!!

Os homens devem saber que com mulher não se brinca.. nem mesmo sendo um palhaço... e nesse caso, literalmente um palhaço/malabarista...
E como humor com humor se paga...dedico esse vídeo para todas as mulheres separadas...

terça-feira, 14 de junho de 2011

São João da Emocão!!!

A primeira grande emoção desse vt, foi na sexta feira as 3:30 da tarde, quando finalmente a locação foi escolhida!!! Ok faltava apenas meia hora pra fechar os bancos!!!! foi realmente suuuuper emocionante a tim ter parado de funcionar emocionando a todas as produtoras profundamente! E nesse momento começou a gincana, botamos os pretinhos básicos e tivemos que atacar de ninjas, ou se preferirem "as super poderosas" eu, Cila Rocha e Fernanda Fassanaro, trabalhando quase que 24 horas direto pra dar conta da produção...
O sábado voou, e no domingo nos primeiros raios de sol, já estávamos na locação! Cila e Fernanda na direção de arte, e eu na direção do carro, pra la e pra cá!!
Além de todo o cenário, tinhamos 22 modelos principais,  a quadrilha, o coco de roda, os sanfoneiros, o pessoal da alimentação, a equipe técnica, a agência de Maceió e Recife, além dos curiosos de plantão!!
Ou seja, pra Maceió, era uma super produção, e foi mesmo..
Super cansativa, super demorada, super engraçada, com modelos super legais, super bonitos, super pacientes... ok, meu padre fugiu!! Mas isso não foi problema porque tínhamos um padre de plantão, quer dizer ele não era padre, ele estava fazendo a cenografia, mas de qualquer maneira ele foi super competente como padre!!
Mas as emoções não pararam por ai não, tivemos 2 faltas de energia, e choveu 3 vezes, o que fez com que a produção ficasse mais emocionada ainda, tanto que fomos parar em baixo do poste tentando fazer a ceal trabalhar mais rápido possivel, ah! detalhe na casa ao lado da gente tinha energia, parecendo inclusive que era pessoal! Mas como somos seres de fé, a energia voltou em meia hora, e comemoramos a volta dela em baixo da tenda esperando a chuva passar!!
A parte boa (tinha que ter uma parte boa não é?) é que o elenco arrasou... meus modelos e minhas modelas deram show de dança, de bom humor, de paciência, de beleza.. enfim, fiquei muito orgulhosa de todos!! Muito, muito, muito obrigada por tudo, na verdade o mais emocionante do vt foram vcs!!!

domingo, 29 de maio de 2011

Paciência...

Há muito tempo que penso em escrever sobre a paciência...
Um dom... uma dádiva!
Que pessoalmente não possuo, mas juro que me esforço.. Ainda mais tendo a profissão que tenho, sendo mulher, motorista e mãe!
Como produtora tenho que passar por cada situação que é preciso muitas vezes levar uma jaula.. rsrs Ah uma jaula... Já aconteceu de tudo.. equipe esquecer equipamento, modelo dando piti, diretor estressado, cliente botando equipe pra fora de locação, agencia mandando cancelar o vt depois de pronto, mãe de modelo querendo ser diretora, seguramente, eu poderia ficar uma semana so listando coisas que tiram a paciência de qualquer pessoa, mas de qualquer maneira nesses casos eu estou sendo paga para ter paciência, o que é muito diferente de ter paciência de graça..
Como mulher, a paciência é quase zero, e eu sei que isso não é bom. Mas na boa, não tenho mais paciência pra qualquer conversa, com qualquer pessoa, pra lugares com gente bêbada me enchendo o saco, com lugares cheios demais, com musica alta demais... enfim, chata!! Bem chata rsrs Mas adoro que meus amigos venham me visitar, adoro viajar, sair pra jantar, conversar com meus amigos... Só não tenho mais paciência pra fazer nada que eu não goste...
Na vida pessoal eu realmente não me sinto obrigada a nada!
Como motorista, e modéstia parte, uma ótima motorista, sou até mais paciente do que a grande maioria das pessoas... Não em todos os momentos, ok! Tem dias em que o trânsito está especiamente enlouquecedor, e se contarmos ainda com a lei de Murph, um exemplo seria, vc está indo pegar um cenário em um local que fecha as 18 h, e são 17:50 e vc está completamente parada, morrendo de ligar pra loja pedindo pra te esperarem, e nem sabe até que horas porque o trânsito não anda, e vc vai precisar daquele cenário pra gravar a noite, nesse caso vc adquire uma licença poética pra perder a paciência! É ou não é?
Como mãe, eu fui aprendendo a ter paciência... Um exercício diário, eterno... E como fui mãe pela primeira vez aos 21 anos, e pela segunda aos 27, posso dizer com certeza que sou mais paciente com meu filho mais novo, mas isso não quer dizer que agora eu não seja paciente com o mais velho, até porque agora ele é adolescente e isso requer muito mais paciência...
Claro que a vida é muito mais facil pra quem vem paciente de fábrica, eu tenho um ex marido que tinha a maior paciência do mundo, o que muitas vezes me irritava profundamente, porque na verdade tem que haver um equilibrio.. muitas vezes o paciente demais, espera demais, aguenta desaforos demais, se acomoda demais, concorda demais...
Tem também aquelas pessoas que tem muita paciência pra certas coisas e pra outras são as pessoas mais grossas do mundo...
Ou seja, a gente passa a vida inteira aprendendo a administrar a paciência, ou a falta dela... pra algumas coisas os tempo ajuda a ter mais e pra outras o tempo ajuda a ter menos...
Mas uma dica é usar o humor, quando vc consegue rir de si mesmo, com a sua falta de paciência fica mais leve pra vc e pra o outro, pode usar o humor negro, tudo bem, o que vai realmente fazer a diferença é que quando vc conseguir rir de uma situação em que a outra opção seria um ataque, vc terá a certeza que estará no caminho certo!!!
E enquanto isso vamos fingindo ter paciência, vai que uma hora da certo!!

domingo, 22 de maio de 2011

Achologia! Uma ciência que é não exata!

Segundo o dicionário, achar significa:

v.t. Encontrar (procurando ou não): achou a carteira perdida.
Descobrir, inventar: achar uma nova fórmula.
Julgar, supor, considerar: achou o livro bem escrito.
V.pr. Estar num lugar, ou em companhia de alguém; encontrar-se: achava-se na sala quando ouviu os gritos.
Julgar-se, considerar-se: achava-se apto para a função

Mas no dia a dia, e na grande maioria das vezes, achar pode significar muitas outras coisas...
Quantas merdas já nos aconteceu simplismente porque achamos alguma coisa?
Ok! Tem situações em que da certo! Mas na grande maioria das vezes achar é catastrófico!
Achei que ia dar tempo!
Achei que ela era minha amiga...
Achei que o dia seria de sol (esse por exemplo pra produtor é muito usado, a previsão do tempo nunca funciona, eles também acham!)
Achei que não iria ficar grávida!
Achei que ele era o homem da minha vida...
Achei que a grana fosse chegar até o final do mês...
Achei que o carro ia conseguir frear!
Achei que ia conseguir emagrecer!
Achei que meu chefe era legal..
Achei que seria facil!
Na maioria das vezes achar é uma roubada! A gente se acostuma a não ter certeza de certas coisas e seguimos pela vida achando...
Se bem que muitas vezes conseguimos uns "achados", eu mesma vivo achando a locação perfeita, os perfis de modelos que preciso, carros capotados pra alugar, achei até quem me alugasse 300 carangueijos, um hipnotizador de iguana, mas é preciso procurar e muito... Enfim, mas a gente segue achando e perdendo o tempo todo, meu celular por exemplo eu perco tanto, que passo o dia me ligando de outro celular pra poder me achar! Eita, outra coisa dificil de achar pra mim é endereço... Mas isso já é um outro assunto.
Resolvi escrever sobre isso hoje, porque eu to me achando um pouco sozinha, e achei que escrever seria uma forma de me sentir um pouco melhor, e se não for, pelo menos eu achei que seria!

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Produção Rural



terra dos teletubbies
Começei a semana com uma missão rural, procurar um local que se parecesse com a terra do teletubbies.... suuuuuuper simples!!!
E passei 2 dias visitando várias fazendas até achar o lugar perfeito!!!
E depois era só contratar um dia lindo de sol e levar as 50 pessoas para o set !!! Mas o grande problema era o dia de sol....
Mas tudo bem... como trabalhamos com prazos apertadíssimos marcamos a pauta e fomos na fé, aliás essa semana li uma frase ótima!! Só existem 2 dias onde não podemos fazer nada, ontem e amanhã!! Ou seja não temos desculpas, principalmente sendo produção!
E lá fomos nós, 50 pessoas entre equipe, modelos e figuração! Confesso que foi uma produção longa e complicada porque o tempo não estava favorável, mas em compensação o que não faltou foi risada! Uma galera divertida e bem humorada, faz com que a gravação vire uma festa! Mas a festa começou mesmo depois que o diretor falou aquela palavrinha mágica que deixa qualquer produtor feliz da vida, o tão esperado Valeu!!
E depois do valeu, fomos presenteados com um churrasco oferecido pelo dono da fazenda!
Confesso que precisei de um dia inteiro pra me recuperar dessa produção rural, mas valeu a pena!!
Obrigada a todos que fizeram parte desse trabalho e amanhã começa o próximo!!!

 

segunda-feira, 9 de maio de 2011

E se fosse assim??

Eu não sei quanto a vcs mas a cada dia  me pergunto até onde irá a tecnologia?
Já que ela pode ser utilizada até pra saber quantos passos vc deu por dia!! No meu caso nem é necessário saber essa informação, é só dar uma olhada na minha panturrilha pra se ter uma idéia de quanto rolê eu já dei na vida!!
Mas a minha curiosidade é outra, eu gostaria de saber por exemplo quantas vezes eu ja disse a palavra "Não"? Ou quantas vezes os meus filhos já me chamaram de "mãe"? Ou quantas vezes mandei eles escovarem os dentes?
Quantos pensamentos eu já tive?
Quantas pessoas eu já mandei, ou me mandaram "se fuder"?
Quantas mentiras eu contei? ou contaram pra mim?
Quanto dinheiro eu já gastei?
Quantas palavras eu falei?? Se bem que nesse quesito acho que faltaria digitos pra eu fazer o cálculo!
Mas acho que muitas coisas poderiam ser melhoradas se tivessemos acesso a essas informações!
Se tivessemos como saber a quantia exata de cada ação que fizemos podería ser mais fácil conseguir uma média...
exemplo:
- Nossa esse mês eu já disse" NÃO "mais de 400 vezes e " SIM " só 17!! To precisando melhorar um pouco a taxa de "SIM", to pegando pesado!!
ou então...
- Nossa, eu já menti pra minha mulher mais de 1800 vezes desde que nos casamos! Mas nesse caso a pessoa nem lembra mais o que é verdade, não é mesmo??
Mas com essas informações, seria até mais facil a convivência humana...
A gente com certeza buscaria viver na média, tá em baixa com "POR FAVOR"? Aumente a dose!! Acorde um dia dizendo por favor até pra torneira do banheiro!!
Ou está com a taxa de "obrigado"  em baixa,  começe o dia agradecendo até o menino que jogou aquela água turva no pára-brisa do seu carro, jurando que tava lavando, mesmo vc tendo acabado de tirar do lava jato!!
Se bem que tudo tem os prós e os contras... briga de casal seria um inferno!!
ela:
- Vc sabia que nesses anos todos de casados eu já lavei 2 toneladas de roupas suas, já fiz faxina mais de 3000 vezes, fora os 987 almoços, enquanto vc tomava 13.000 litros de cerveja, contava 1630 mentiras, e mandava eu me fuder 800 vezes e transar que é bom foram apenas 327 vezes!!
ele:
- E vc que já brigou comigo 1467 vezes por causa de futebol, 4980 vezes porque eu cheguei tarde, já me pediu mais de 87.000 reais pra fazer compras, sua mãe já nos visitou 395 vezes, fora as  7680 dores de cabeça, além de pedir a separação 1020 vezes, ai meu amor não tem tesão que aguente!!


A relação mãe e filho tb seria muito mais estressante
mãe:
- filho quantas vezes eu mandei vc estudar pra prova de matemática só na semana passada?
filho:
- 38 vezes mãe!
mãe:
- e porque vc tirou zero posso saber?
filho:
- porque eu menti 32 vezes dizendo que ia estudar e não fui e nas outras 6 vezes eu tava muito louco e nem me lembrava mais qual era a matéria que ia cair na prova!!


Poderíamos ter também uma espécie de prestação de contas anual, tipo uma declaração de imposto de renda, e teríamos que declarar exatamente o que pensamos, falamos, sonhamos e fazemos nas nossas vidas. Teríamos dessa maneira uma chance de mudar algumas atitudes para não sermos multados, como por exemplo:
Sr João, nesse ano o senhor trabalhou 23% a mais que no ano passado, sorriu 10% a mais, pagou 5% a mais de contas, a taxa da  mentira continua na média, precisa também aumentar a taxa do sim, to vendo aqui que o senhor extrapolou a taxa do vá se foder,aumentou em 120%, e isso pode prejudicar o senhor a curto prazo. Por favor, obrigado e com licença, também estão muito baixas, precisa melhor e muito! To vendo aqui que o senhor perdeu muitos amigos esse ano, mas se o senhor conseguir aumentar a taxa de generosidade e gentileza talvez o senhor consiga recuperar alguns deles. To vendo inclusive que a taxa de amor está diminuindo a cada dia, é bom o senhor tentar fazer alguma coisa urgente em relação a isso já que a sua esposa está pensando em se separar do senhor 98% mais que no ano passado!!


É amigos, claro que isso é só uma viagem minha, mas de qualquer maneira acho que se pararmos nem que seja uma vez por ano pra fazer um levantamento das atitudes que estamos tendo em nossas vidas ficaria muito mais facil se relacionar com as pessoas e com nós mesmos.

terça-feira, 3 de maio de 2011

Dia das Mães



Uma das características mais importantes de um produtor é a FÉ, como eu já disse tantas e tantas vezes...
Nesse caso por exemplo tivemos 3 dias de pré produção (sexta feira santa, sábado de aleluia e domingo de páscoa) ou seja, 3 dias inúteis!!!! Mas até ai, tudo bem, somos movidas a desafios!!
E uma das dificuldades, era que todas as crianças tinham que ser loiras de olhos azuis (para parecer com a mãe, a atriz Daniela Lins, que estava vindo de João Pessoa) o que seria super simples caso estivéssemos em Blumenau, Florianópolis... mas estamos em Maceió! E o local mais indicado para eu poder completar o meu elenco era o próprio shopping, e lá fui eu!! Consegui achar a criança!! linda, perfeita, super aprovada pela agência, diretor,ou seja tudo certo!! mas como é sempre bom desconfiar quando tudo está tudo certo! As 9 da noite na locação, uma das crianças resolve que não quer mais gravar!!! Eu tinha algumas opções, uma delas era cortar os pulsos, já que não havia nenhuma janela pra eu me jogar, a outra era sentar e chorar, e a terceira e última era conseguir as 10 da noite uma criança linda, que ainda estivesse acordada, que fosse desenrolada, e que quisesse fazer o vt!! Já que seria impossivel passar a gravação para o dia seguinte, pois nossa atriz iria voltar para João Pessoa as 9:00 da manhã do dia seguinte!!
Mais uma vez, Deus tomou a frente da produção, e resolveu tudo!!!  Consegui a criança, ela chegou, no pique total, fez a cena lindamente para o alivio de toda a equipe e o resultado? Vc confere no vt acima!!!

quinta-feira, 21 de abril de 2011

VT LUANA PIOVANI

l
Esse foi o vt onde tive o maior tempo de pré produção na minha vida... 15 dias! Mas valeu a pena. O cenário ficou lindo, fizemos um espelho d'água no estúdio, 3 telões com imagens diferentes passando ao mesmo tempo e sim, a Luana foi uma fofa com toda a equipe!

VT BUKONE - MELHOR 2009

domingo, 17 de abril de 2011

Um menino diferente


Victor Manolio Rojas, mas conhecido como Vitinho, meu filho, desde que nasceu tem contato direto com a arte, começando por ter tido o parto adiantado, pois eu tinha que fazer uma produção, na sequencia ganhou um padrasto- palhaço, e sua vida virou um circo, começou a se apresentar em números circences com apenas 2 anos, e nunca mais parou de representar, aos  3 ele já treinava seu "otógrafo", é leonino, claro!
Mas depois que o circo foi embora e nós ficamos, descobri a produção audiovisuais, e Vitinho veio junto. Já fez mais de 20 vts, esse curta, participação em longa, decora texto, se liga na fotografia, casting, rsrs muito engraçado ele nos restaurantes ou praia me mostrando algumas pessoas que poderiam fazer vts rsrs
Nesse curta ele tinha 9 anos, em agosto, completará 11, obviamente ele já se considera um pré adolescente, e certas coisas já não são mais possiveis segundo ele, como por exemplo ficar dando beijinhos na mãe na porta da escola...
Amo tanto...

sábado, 16 de abril de 2011

Zé da Burra - Claro Curta

Curta que produzi com direção de Yuri D'Magalhães, Fotografia de Jonh Kenedy, em Jaramataia, sertão de Alagoas, único lugar na vida que eu não me perdi, por so ter 2 ruas, uma que vai, outra que vem!!
Foi um dos selecionados no festival Claro Curta. Um detalhe bem curioso é que estávamos no sertão fazendo um filme pra o governo e chegamos numa fazenda, que era a locação perfeita para o curta, e tudo deu certo, o nosso personagem estava lá, nossa maquiadora Josete Leandro, foi a sua esposa, a direção de arte já estava pronta, com direito a cavalo, cachorro, galinha, pássaros... tudo!! Tipo de trabalho que a gente adora fazer!!

O resultado da "Externa com Fé"

Os 4 sentidos!

Essa semana aconteceu uma coisa muito legal, fiz um roteiro de um documentário de 8 minutos para uma instituição pioneira em tratamento de visão subnormal e cegueira em Alagoas. Um mundo que eu particularmente não conhecia, apesar de claro, já ter tido contato com alguns deficientes visuais, mas dessa vez tive que aprender sobre o assunto, e como também estou na produção, cair em campo e participar um pouco da vida dessas pessoas.
Perder a visão ao longo da vida ou nunca ter visto uma luz desde que nasceu, tem sem dúvida uma grande diferença, no segundo caso a pessoa precisa imaginar o mundo e tentar entender pra onde ir e o que fazer! E nos 2 casos, eles vão ter que brigar a vida inteira contra o preconceito e principalmente pelo direito de participar da vida. Finalizo o roteiro dizendo que apesar do mundo não estar preparado para os deficientes visuais, eles certamente estão preparados para o mundo.
Ontem gravamos com o Maurinho, 28 anos ele está perdendo a visão gradativamente e já está quase cego,  a noite não enxerga mais nada, mas deu uma lição de vida pra nós, ele trabalha vendendo doce, e juntou dinheiro suficiente para construir sua casa, estuda a noite e vai e volta de ônibus , é simpático e bem humorado e está a procura de uma namorada, ou seja, uma pessoa completamente normal! Ele precisou de muita força pra atravessar  os muitos obstáculos, assim como nós!
O que eles tem de diferente mesmo é a capacidade de desenvolver os outros 4 sentidos, percebendo coisas que nós não conseguiremos nunca pelo simples fato de enxergarmos...

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Externa com Fé!

Sabe aqueles dias em que precisa de uma ajuda divina, mas daquele nível assim, está chovendo há 3 dias, o dia amanhece chovendo, a previsão é de chuva a semana inteira e vc, um ser otimistaaa, com uma fé maior do que tudo, sai com uma equipe de 20 pessoas, pra fazer um comercial de uma turma de amigos indo pra praia!!! Sim amigos... com direito a bugre, prancha de surf e protetor solar!!! kkkk
Mas o nosso problema é que só tínhamos hoje para fazer essa cena, já que o vt tem que estar pronto amanhã! Ou seja, não tínhamos alternativa, era hora de produzir um milagre!! E dos grandes...
E produzimos! Conseguimos gravar todos os takes, de todas as cenas, e ainda ficou lindo!!
O sol, saiu em alguns pouquíssimos momentos, mas no tempo suficiente pra fazer as cenas.
Parabéns a toda a equipe, e ao elenco por mais esse trabalho realizado! E como eu já disse, DEUS é produtor, e ajuda sempre quem merece! E hoje a gente mereceu!

sexta-feira, 18 de março de 2011

A Palestra!!!

Hoje aconteceu realmente uma coisa nova na minha vida, fiz uma palestra!! Quando o meu amigo e produtor cultural Geraldo Brito me ligou para dizer que faria uma palestra sobre marketing cultural e queria que eu fosse com ele para falar sobre produção de vídeo, na faculdade FACIMA para o curso de publicidade e propaganda, achei engraçado, nunca tinha pensado nisso! Mas achei que pudesse ser interessante, e realmente foi. Não preparei nem um material específico, mas como sempre fui boa em improviso, não me preocupei muito, e preferi sentir a locação e o público...
E foi tudo muito legal, poder falar da minha experiência com produção, para uma turma que está começando o curso com tanta vontade de aprender, perguntando sobre vários assuntos, escutando com atenção, eu me senti tão a vontade que poderia passar a noite toda palestrando... palestrando...
Aliás eu estava fazendo uma das coisas que eu mais gosto de fazer, falar! E se for sobre produção, ai que eu me empolgo mesmo!!
Gostaria de agradecer a professora Lais pela oportunidade e a todos os alunos pela atenção.

Adriana Manolio

A PRODUTORA (HUMOR)

Esse é um dos meus textos de humor, talvez o mais biográfico de todos...

OLÁ BOA NOITE!
Olha gente eu já vou avisando que eu não posso ficar perdendo tempo aqui, porque eu sou realmente uma pessoa muito ocupada , e vivo atrasada!
Meu nome é Lô, eu sou produtora!Como é? O que uma produtora faz exatamente?
Bem, eu mesma produzo comerciais de TV, faço filmes, shows, eventos, carnaval, natal, até aniversário de boneca, se pagar bem é claro! Na verdade a única coisa que eu não produzo mais é filho!
Porque graças a Deus eu sou uma mulher operada!
Ainda não entendeu o que faz uma produtora?
Faz de um tudo minha filha! Quando você está sentadinha no conforto de sua sala, assistindo TV, milhares de produtores estão trabalhando 24 horas por dia, enfrentando os mais diversos obstáculos, falando cerca de 50 mil palavras, metade delas em 3 celulares, um deles com 2 chips, dirigindo pela cidade inteira, buscando os mais diversos objetos em inúmeros locais diferentes, descobrindo pessoas que nem o IBGE sabe que existem, e principalmente pedindo ajuda pra o seu superior o dia todo!
Meu Deus, meu Deus me ajuda a achar um homem de 40 anos com cara de rico, eu só tenho mais 20 minutos.
Ou então, meu Deus, meu Deus, ponha no meu caminho uma cômoda antiga com 3 espelhos e duas gavetinhas!
Pra ser produtor primeiramente você tem que ter muita fé! Isso é realmente fundamental!
Tem dias que você acorda pra gravar um VT que o dia tem que estar sem nenhuma nuvem no céu, lindo como no comercial do molico, e pra sua surpresa e desespero, amanhece chovendo! Dia horrível!
O que acontece? Nesse momento você começa a ouvir: Produção, produção e ai?
Como assim e ai? E ai fudeu né meu filho!
Como é que iria saber que o dia estaria horrível? Eu consultei a meteorologia e era sol o dia todo, no estado inteiro!



E achando pouco eles mandam: sim mas você sabe que só temos hoje pra gravar essa cena, o VT vai ao ar amanhã!
Sim, e a culpa é minha? Fui eu que provoquei a chuva? Eu tava correndo pra cima e pra baixo, atrás de figurino, modelos!
Era 10 da noite eu ainda estava no shopping parando o povo, procurando o pai com cara de rico! As esposas que querem morrer!
Aliás, eu vou aproveitar o ensejo e dar um recadinho:
Queridas esposas, gostaria de esclarecer uma coisinha, permitir que o seu marido faça um comercial, não quer dizer que ele vá se tornar um galã global e que todas as mulheres do mundo irão querer dar p ele não!
Se vocês tivessem a idéia de como é um set, a confusão, e repete cena e repete cena, e passa a madrugada gravando, e repete e repete e repete de novo. Nós produtoras muitas vezes só lembramos que somos mulheres, ou quando estamos menstruadas ou quando precisamos de um banheiro feminino, isso quando tem banheiro, lógico!
Ah, esqueci de dizer que eu sou free lancer, trocando em miúdos, as únicas coisas fixas que eu tenho na vida, são filhos e dívidas! Ou seja, se não correr atrás, to fudida!
Produzi dois filhos também, produção super independente! E é claro,todos os relacionamentos que eu tive acabaram, por minha culpa lógico! Afinal de contas, quem agüenta? Mas eu nem reclamo de ficar sozinha não!
Aliás, se você quiser realmente ser produtora, prepare-se! Você vai ficar louca, neurótica e sozinha! E vida pessoal nessa profissão, é passar a vida falando, pessoal, pessoal vamos logo!
Mas nem se preocupe muito com isso, já que cada vez que estiver frente a frente com uma cama, o único desejo que você terá, é o de dormir mesmo!
(nesse momento o telefone toca, e ela fica horas procurando na bolsa gigante, pega o celular errado, pode ir tirando objetos estranhos, até que acha finalmente o celular e é o dono da produtora)
Oi chefíssimo! Pode falar! Como é? Espere só um pouco que eu não estou entendendo? 20 anões? Pra daqui há uma hora? Sei... um coral de anões?  Vou ver e já te ligo!
                (imediatamente ela começa a procurar o outro telefone na bolsa)
Eu tenho que achar esse telefone, pelo menos isso, ano passado eu fiz um documentário sobre a branca de neve e fiquei amiga de todos os anões. Achei! Sabia que eu tinha salvado!
- alô! Saúde! Atchim, por favor passe o telefone pro Feliz, saúde!

- alô! Feliz ? ola amigo é a Lô, tudo bom? Seguinte to precisando de um favorzinho seu pode ser? (falando baixinho pra ele não ouvir) Adoro negociar com o Feliz, ta sempre tudo lindo... - A Branca de neve ta bem né?Mande beijos! Então mas voltando, vc precisa me salvar, preciso de 20 anões pra daqui a uma hora lá no estúdio pra gravar um VT!  E so vc pode me ajudar! Será que vc consegue juntar 20? Eu sei que fica faltando 13, mas e a galera que fez figuração na fantástica fábrica de chocolate? Os umpa lumpas? Será que nenhum ta de férias aqui no Brasil? Bem, veja ai e daqui a pouco eu te ligo, um beijo, tchau!
                                      (toca o telefone de novo)
Ok chefe, já estou providenciando os anões, foda vai ser conseguir os 20! Mas vamos ter fé! Como é que é? (cara de espanto) eles tem que estar de smoking? Entendi!
                          (agora ela começa a chamar a assistente pelo rádio)
Cacá, Cacá, na escuta? Eu preciso que vc pare o que estiver fazendo e arrume 20 smoking, pra um coral de anões, anota o numero da ONG da Branca de neve e pegue as medidas com o Feliz, anota ai 91707070?
                                       (mais uma vez o outro celular toca)
Meu Deus, eu vou ficar louca assim! – alô fala chefe, já estou providenciando, pode ficar tranqüilo! Como é? Repete por favor! Ah eles tem que ser negros? Sei! (cara de desespero total)
                                                         (volta a falar no rádio)
Cacá, Cacá? Ta ouvindo? Compra pixe minha filha! Não, nem pergunte pra que? Só compra a porra do pixe!
Ah esqueci de dizer que nessa profissão a gente tem que ser ninja! Eu mesma só uso preto! Mas se bem que ideal mesmo é que você tenha um pouco de Magaiver, um pouco do 007 e muito de Gandi!
Porque é o seguinte: se tudo der certo você não fez mais que a sua obrigação e tudo que der errado, a culpa é sua!
Então se você for esperta já inclui o adicional de culpa no seu cachê!
Vou dar alguns exemplos:
Atraso da equipe? Dos modelos? Sua culpa!
 Dia chuvoso? Sua culpa!
Dor de barriga do diretor de fotografia? Sua culpa!
Pneu que fura? Sua culpa!
Criança chata que não quer mais gravar no meio da cena? Sua culpa lógico!
Lanche que acaba no set? claro que é sua culpa!
Diretor estressado? Sua máxima culpa!
No começo você acaba até achando que é pessoal, mas depois você vê que não! E até se acostuma a ser a culpada!
Até se o arquivo não carrega pra mandar para o cliente, a culpa é sua!
Mas isso ainda não é o pior! O pior é que o nosso nome nunca aparece nos créditos!
É como se tudo se fizesse sozinho!
A criança linda, de olho azul e vestidinho rosa com um celular de última geração, estivesse passeando pela rua, sozinha e a equipe por acaso estivesse passando por La e resolveu gravar!
O paizão e o filho estivessem jogando futebol em plena Av. Paulista, segunda feira, as 8 da manhã e todos os carros parassem pra que eles não fossem atropelados e a câmera por acaso estivesse parada na calçada!
Ou então o namorado resolvesse dar uma aliança pra namorada no restaurante que por acaso a equipe estava almoçando e milagrosamente intuíssemos que era um pedido de casamento e resolvêssemos gravar?
Claro que não é assim né gente? Por trás de cada cena que você vê tem um produtor cuidan do de cada detalhe, a locação, o figurino, os modelos, o lanche da equipe, as autorizações de imagem! Somos um exército invisível! E temos que dar conta de tudo! O brinquinho que a modelo perdeu no meio do set, por exemplo, o que porra eu tenho haver com isso? Mas não, quando você se der conta estará de quatro em baixo de uma mesa, procurando a porra do brinquinho! Ou então o modelo que esquece a sacola de roupa na van da equipe e vai simbora! Quem é que vai ter que ir na puta que pariu devolver a sacolinha de roupa do sequelado? Adivinha?
                                                          (toca o telefone de novo)
Oi chefe! Fala! To providenciando os anões, nem se preocupe! O que? Repete por favor?
300 abelhas adestradas? E um zangão? Eu ouvi direito? (cara de terror) e eu posso saber pra qual comercial? Ah o VT do mel do Leléu? E umas 3 colméias também? Sei! Ok! Vai ser gravado quando? Ah, hoje ainda, depois dos anões? (cara de pânico) pode deixar eu consigo, já falei, eu me viro!




        (começa a procurar em todos os celulares o telefone do seu ex namorado apicultor)
Outra coisa muito importante nessa profissão são os contatos, você está sempre há um telefonema de resolver todos os seus problemas, é so ter o telefone da pessoa certa, e crédito no celular! E nem importa se a pessoa vai lembrar de você quando ligar, mas nesse caso agora, eu andei ficando algumas vezes com esse apicultor, mas o relacionamento foi ficando tão melado que eu desisti.
- alô! Abel?(tirando o telefone da boca e falando) óbvio que esse iria ser seu nome, foi uma homenagem!  Lô querido tudo bom? Também to com saudades, não amor não precisa mais mandar mel pra minha casa não, eu fiquei diabética! Mas na verdade eu tava precisando de outro favor seu, vc me empresta umas abelhas? É serio ! não to de sacanagem não! Quantas? Umas  300? Pode ser? Não amado, é um comercial do mel do leléu, vc  deve até conhecer? Então mas não é so isso, eu vou precisar de um zangão e 3 colméias, pode ser? Você é um amor mesmo, sabia que iria me salvar, eu vou pedir pra minha assistente passar ai com a van e ela leva as abelhas ta? A propósito, como é que vc consegue achar o zangão no meio de todas aquelas abelhas? Ah é so achar a abelha mais estressada, ele provavelmente vai estar do lado dela? Sei? (rindo) a natureza é sábia mesmo!
Cacá, Cacá? Na escuta? Preciso que você vá com o motorista da van, buscar umas abelhas que eu consegui emprestadas, ta? Não depois eu te explico, lembra daquele prego que eu andei dando uns beijos? O do mel? Então liga pra ele e combina tudo, preciso que vc corra!
Na boa galera, só tem uma coisa pior que ser produtor! É ser assistente de produção! O assistente é o que mais se fode! O produtor, articula, liga, fala, se reúne, o assistente em compensação vai levar, vai buscar, vai limpar, vai comprar... é um inferno, mas é o preço que se paga quando se quer ser produtor um dia!
Inclusive  toda a pressão que é passada para o produtor, é repassada imediatamente para o assistente!
 (nesse momento toca o telefone, e ela mais uma vez, fica um tempão p poder achar na bolsa)
 O que é que foi Cacá? O que? O Feliz só conseguiu 15 anões? Então fudeu né?! Sua avó? Como assim? Ela mede 1,50, sei... Sim, bota a velha, a gente coloca ela atrás, mas mesmo assim fica faltando 4 anões! O que? Se você não conseguir? Não existe essa possibilidade! Vamos ter que conseguir de qualquer jeito!  Como se não conseguir de jeito nenhum? Na pior das hipóteses você pega 4 figurantes e corta as pernas, eu só sei que eu preciso de 20 anões daqui há 40 minutos. Figurino ta ok? Ah cortou as mangas e um pedaço das pernas da calças, sei... Deve estar uma beleza!, Comprou o pixe? Então ta, corre pra pegar as abelhas, corre! Tchau.
Essa assistente ta sendo treinada pra produzir uma guerra! Tadinha!



Semana passada, tivemos que alugar 500 caranguejos pra um reality show, e a locação era numa estrada tão esburacada que se eles fossem de carro, poderiam se machucar, então coloquei Cacá p ir acompanhando a pé os caranguejos, tangendo os bichinhos, ela demorou 8 horas pra chegar na locação. Ela foi de lado! Sequelada do jeito que ela é, chegou fazendo a dancinha. Fala sério.
Agora ruim mesmo é produção sem verba! Ai você tem que mostrar toda sua competência, toda sua simpatia e claro toda sua cara de pau!
Meu chefe, quando não tem dinheiro pra produção fala assim: se humilhe, implore, faça o que for preciso! O que nunca fica muito claro é a parte do faça o que for preciso!
Será que ele quer que eu dê para a pessoa? Imagine a cena...
Você vai fazer um comercial onde o casal está andando num lindo carro importado, mas não temos dinheiro pra alugar esse carro, certo? Ai o produtor chega, super simpático, claro, pra tentar conseguir o carro emprestado, o dia todo, o que ele faz? Olha amigo dinheiro eu não tenho não, mas se o senhor quiser tomar um drink mais tarde e quiser dar uma esticadinha...
É um absurdo né? Até porque se for ver bem, eu devo estar valendo no máximo uma diária de carro popular!
Ou então o produtor chega e diz pra senhora, olha nem se preocupe que será só uma ceninha rápida no quarto da senhora! Só não diz que a ceninha será de guerra de travesseiro de pena de ganço e que a senhora passará os próximos 24 meses achando penas nos lugares mais absurdos da sua casa! Ai galera, haja simpatia!
Um capítulo a parte dessa história, são os diretores!
Eu poderia passar dias falando dos diversos diretores com quem trabalho, mas como sou free lancer , acho melhor não entrar em detalhes!
Aliás, talvez um dia ainda escreva um livro sobre o tema, de preferência quando eu não precisar mais deles pra poder pagar minhas contas!
Pra começo de conversa, a característica mais comum dos  diretores é que nenhum deles chega no horário marcado na gravação, é quase um milagre quando isso acontece! E se por acaso acontecer, a equipe ainda não terá chegado! Afinal de contas, apesar de nunca colocarmos na equipe, Murph se faz presente o tempo todo!
Outra coisa, como os diretores são criativos não é? Cada idéia, cada criação, cada referência...
Duvido que se eles que tivessem que produzir, seriam tão criativos assim? Aposto com vocês!


Teve um diretor que numa certa ocasião,em pleno sertão,fez com que eu conseguisse um quarto com ar condicionado pra ele deixar os charutos cubanos dele, porque se os charutos ficassem no calor do sertão, criariam fungos! Porra eu tava debaixo de um sol de 40 graus, isso queria dizer que além de eu estar valendo menos que um charuto, eu era a própria funga e em tamanho G! Nesse dia se eu tivesse tido tempo eu acho até que eu teria ficado deprimida!
O pior é quando o diretor fala pra você, que tem certeza que você vai conseguir! Ai fudeu! Porque se por acaso você não conseguir... nem volte, vá procurar uma outra profissão, mude de cidade, desapareça minha filha, cancele até o seu Orkut! MSN, email, tudo! Você já era!
Se bem que todo produtor que se preze é devoto de um santo, um santo jovem, moderno, inteligente, o São Google.
Eu me pergunto como era produzir antes da internet? Aliás existe o mundo AI e DI. E antes do celular então? Como é que as pessoas faziam?
                                               (toca o celular, e á a sua assistente)
 Por falar em celular!Fala Cacá! Conseguiu? Ótimo, arrasouuuuuu! Se jogue pra cá agora! Ta trazendo as abelhas também, pô Cacá, se você continuar assim, daqui há uns dois anos, você já vai ser promovida a produtora Jr. (tirando uma onda)
Bem galera, os anões tão chegando, as abelhas já estão sendo maquiadas (rindo), eu vou pro estúdio ver se ta tudo ok!
    (toca novamente o celular, e ela toda desajeitada, procurando o celular na bolsa)
Putz, vai começar o inferno! Fala chefe! Como é? Cancelar os anões? Mas eles já estão chegando agora na produtora, como que eu vou cancelar?(cara de pânico) Mas vamos ter que pagar de qualquer jeito,! Como não tem dinheiro? Eles estão chegando.
 E os figurinos então? Tivemos que adaptar os smokings! É, cortamos as partes que sobravam (cara desespero) caraca e agora? Como me virar? Vou pensar o que fazer, tchau!
              (toca o outro celular, e procura de novo, com outro celular na mão)
Fala Cacá, o que? As abelhas conseguiram escapar e vocês tão sendo atacados no estúdio? Puta que o pariu, to indo pra ai agora.
                                                 (e sai correndo, desesperada)

domingo, 23 de janeiro de 2011

MÃE É MÃE

Bem, acho que já disse pra vcs que adoro escrever, e inclusive eu nem sabia que sabia escrever até que uma amiga falou que eu deveria colocar no papel as minhas histórias, e a partir desse dia não parei mais.
Tenho peça de teatro, curtas, programas infantis, programa de humor,personagens de humor, e o prazer que eu tenho em escrever é tão grande que mesmo que ninguém nunca leia, ainda assim, fico feliz!
Mas hj resolvi compartilhar uma de minhas personagens, a MÃE! Baseado em fatos reais ou não, acho que a maioria de vcs vai se reconhecer e se por acaso vc se divertir lendo, pra mim, já valeu!!

                                                            MÃE É MÃE
                                      (atriz entra no palco olhando pra platéia, procurando alguém)   
            - Meu filho não ta ai no meio não né?  Então vou me apresentar: - Boa noite a todos, eu sou a mãe! Joana? Não e sim, afinal de contas, todas as mães são iguais!
 Mas afinal, você já se perguntou o que significa realmente ser mãe?
Ser mãe é a arte de repetir e repetir e repetir milhares e milhares de vezes as mesmas coisas e ainda se manter calma e tranqüila. Pelo menos até o meio dia!
E a gente começa o dia assim: bom dia filhinho, amorzinho de mamãe (cara de apaixonada)
Meio dia a gente já tá, come se não eu vou faze você engolir tudo de uma vez só (tensa)
E a noite então? Vai dormir sua peste se não te mato! (completamente neurótica)
                                                        (interagindo com a platéia)
 Você por exemplo já se perguntou quantas vezes já mandou seu filho tomar banho ou escovar os dentes?
E mandou ele estudar para não virar presidente?
Mas na real ninguém se preocupa com as mães, porque se preocupar com a mãe, o eletrodoméstico mais eficiente do mercado? Faz tudo e nunca quebra, nunca dá defeito!
Afinal é ela que passa 9 meses carregando o peso, 1 ano amamentando,e por falar nisso, é lindo amamentar, horrível é o estado que o peito fica! A criança puxa, meche, morde, e você ainda fica vazando leite quando ele ta com fome! É um sofrimento!
E olha que tem as que conseguem sofrer ainda mais! Que são justamente aquelas que deram pra o cara errado, na hora errada e no lugar errado.
E por acaso eu me incluo nessa categoria, sim porque a minha opinião é que o seu destino começa a ser traçado a partir do buraco que você tenha saído, e é claro, de quem sua mãe tenha deixado entrar, mas mesmo assim a culpa não é só da mãe! Definitivamente não é!
Inclusive eu gostaria de deixar bem claro que Freud é um filho de uma puta, que estudou a vida toda pra dizer que a culpa é sempre da mãe! A coitada que já começa se fudendo! São 9 meses vomitando, passando mau e sonhando com o seu bebezinho, e ficando cada dia mais besta.
 Eu mesma comprei a coleção toda de” Qual o melhor nome para o seu bebê” em 27 fascículos, um para cada letra do alfabeto e mais o livro bônus! E acaba colocando o nome do avô do seu marido de tanto ele te atormentar.
 Meu filho se chama Asdrubal, coitado! Pra amenizar tem o Neto no final, pelo menos isso. Há um tempo atrás, ele me perguntou se eu tinha concordado com o nome porque estava com depressão pós parto?
Sem contar que gravidez é um período que você fica mais parecida com outro mamífero muito conhecido e inclusive está até em extinção! A baleia! Você incha,fica gorda, aparece estria até na sola do pé, celulite no joelho, morre de calor, fica com a pressão alta, vontade de chorar toda hora. Sintomas que o pai do seu filhinho tão esperado não tem a menor idéia do que seja.
 E ainda tem coragem de reclamar de ter que comprar jabuticaba fora de época pra você! Que diga se de passagem é o mínimo!
 Afinal de contas tinha uma amiga sua que queria sorvete sabor sabonete dove, e o pior é que o marido dela colocou o sabonete no congelador e depois deu p bichinha chupar! Fala sério!
E depois de longos nove meses, chega finalmente a grande hora! Aquelas dores insuportáveis, aquela dúvida e se ele for grande e o parto for normal, nunca mais serei a mesma? Ou então aproveito e faço uma cesárea e fico 30 dias andando torta e rezando pra os pontos não infeccionarem?
Ok, tudo certo! Você finalmente conseguiu! Parabéns mãezinha, você teve a dilatação e seu parto vai ser normal, que bom!Bom? Bom pra quem?
Aliás, eu tenho certeza que esse nome foi dado por um homem, porque sinceramente eu não achei nada normal! Meu filho nasceu de quatro quilos! Eu pari um touro! Mas isso não é tudo não! A partir desse momento você deixa de ser uma barriga e vira um peito, aliás, um não dois! Você começa a ser sugada de tal forma que vai murchando.
 Não pode ficar a mais de 300 metros de distância do seu bebê porque seu peito infelizmente não se separa de você pra nada, e a partir desse momento você passa também a não dormir! Nunca mais!
 Seu sono tranquilo, foi embora junto com o líquido aminiótico que estava dentro do seu ventre e prepare-se porque esse nunca mais voltará!
 Seu corpo também nunca mais será o mesmo, mas ainda existe a possibilidade de você ter dado pro cara certo e rolar umas lipos,o que até ajuda, mas não resolve e  mesmo assim cara amiga, mesmo que você tenha dado pro cara certo, tudo que der errado  ainda será sua culpa! E porque a culpa nunca é do marido?
Elementar cara colega e mãe! Porque o marido nunca estava em casa! Ou estava trabalhando ou enchendo a cara com os amigos ou com a amante, na verdade ele sempre esteve muito ocupado e nunca estava com vocês, por tanto a culpa não poderia ser dele!
E o tempo vai passando,seu casamento acaba, seu filhinho vai crescendo e junto com ele os problemas.
Até chegar o dia que ele começa achar que você não sabe de nada. E é nesse dia que você se dá conta que seu filho é um adolescente!
 As notas vermelhas vão chegando, as suspensões no colégio vão chegando...
 Aliás as escolas são bem taxativas: teremos reunião de pais! Pais, você ouviram? Alguma vez chegou bilhetinho dizendo: reunião de mães amanhã às 15 horas? Não né?
 Mas como sempre o pai não pode ir, e você? Que lógico também trabalha que nem uma condenada até porque você não deu pro cara certo, se separou e não tem nenhuma pensão alimentícia,e além disso seu ex marido é um mala  e como você não agüentava mais  ele te enchendo o saco, acabou abrindo mão da pensão pra não ter mais que passar raiva e preferiu assumir tudo sozinha, aliás por nossos filhos somos capazes de tudo!
 Você falta ao trabalho,vai na porra da reunião pra ouvir pela milésima vez que seu filho é o pior aluno, que não faz nada direito, que brinca o tempo todo e que acha que recreio foi feito para lutar com os colegas.
E você com aquela cara de meu Deus não sei mais o que fazer? E morre de vergonha, mas está lá! Porque afinal de contas é o seu filho!
Filho da puta isso sim! Porque filho da puta hoje em dia não é o filho de uma profissional do sexo não! Até porque eu tenho certeza de que assim como eu, você deu de graça quando engravidou do seu e que com o passar dos anos aprendeu a duras penas,que o barato sai caro!
Mas voltando ao assunto, a porra do moleque não precisa fazer nada, não precisa trabalhar, não precisa cozinhar, não precisa cuidar da casa, não precisa cuidar de nada só precisa estudar e nem isso o infeliz faz, a única obrigação que ele tem na vida é sentar a bunda naquela carteira e prestar atenção na porra da professora e tirar nota boa, mas não, pra ele o professor não sabe ensinar direito, e conseqüentemente pra o professor é a mãe que não soube educar direito. E a responsabilidade do adolescente onde fica?
Fica naquela frase idiota: Adolescente é assim mesmo, depois passa...
E quanto a nós mães? Olha como o tempo passa pra gente:
Quando pequeno é filhotinho, quando cresce é animal!
Quando pequeno é príncipe, quando cresce é o cavalo!
Quando pequeno é o mais esperto de todos, quando cresce é o mais burro!
Quando pequeno só anda com gatinha, quando cresce só sai com piranha!
Quando pequeno é: come a comidinha que a mamãe fez p você! Ai cresce e é: Porra ,vai comer tudo e não vai deixar nada pra mim?
Fora as frases clássicas que todas temos que falar pra poder validar a maternidade, tais como:
Um dia você vai crescer e ai você vai ver como é bom, quando você tiver os seus filhos é que vai dar valor na sua mãe e falar: Coitada da minha mãe, sempre fez tudo pra mim e eu nunca dei valor, mas ai, eu já vou estar morta e não vai adiantar nada se arrepender.
Mas deixando de lado as chantagens emocionais maternas clássicas e voltando pra terrível frase!  É só uma fase e depois passa...
Passa porra nenhuma, o que começa a passar são as meninas pela sua cama, enquanto você passa o dia trabalhando, e é claro, nesse momento você virou sogra e automaticamente a megera, a bruxa!E a partir desse momento são dois que te odeiam dentro da sua própria casa!
 E quanto a você?
Você vira aquela pessoa que não quer que o filho seja feliz! Já pensou?
Se bem que tem algumas vantagens, por exemplo,você nunca mais terá que lavar a louça de domingo !Terá sempre uma Marcinha, Claudinha, Aninha, Lucinha,coisinha que fará questão de te ajudar só pra poder falar mais mal de você durante a semana. Ah e vão falar mal de você no seu telefone, ou seja, você vai ser a ruim e ainda vai pagar a conta!
E seu filhinho?
 A essas alturas está conspirando a saída de casa, mas ele não trabalha! Vai viver de que? De sexo?
Só que nesse momento ele acha que qualquer coisa é melhor que morar com você, mesmo depois de você ter sido super legal e ter deixado ele fumar maconha no quarto pra não correr o risco de ser pego pela policia , apanhar e ser preso.
 Mesmo assim você ainda continua com o título de pior mãe 2009!
E ele já começa a querer antecipar a herança e levar alguns itens que são seus, para a nova casa dele, onde ele jura que será mil vezes melhor que estar com você.
 Afinal de contas, há essa altura ter casa limpa, roupa lavada ,comidinha pronta só pra esquentar no microondas, já era!
O legal agora é se fuder num quarto e sala, sem geladeira, descobrindo todos os sabores que o miojo tem. Almofadão no chão e a Aninha, ou Marcinha isso não importa mesmo!
 Até porque podem ter certeza que se você quiser ajudar, eles não vão querer de jeito nenhum e se você não ajudar, eles vão falar a vida toda!
Então vocês podem ver que a única coisa que não vai mudar é o culpado, ou seja, você!
 Mas mesmo assim, você pega 4 pratos, 4 copos, 2 panelas, a Marcinha não sabe cozinhar mesmo...  junta umas toalhas de rostos, de banho, uma mesinha de plástico branca com 4 cadeiras, a tv de 14 polegadas e o colchão de casal que era da sua cama, mas você tinha mesmo que comprar um novo mesmo e junto com o colchão entrega a eles 12 cartelas de anticoncepcional.
Mas descobre depois que a Marcinha não toma pílula porque diz que não faz bem!
E ainda descola um frete com um chegado seu pra fazer a mudança do seu pimpolho por um precinho camarada, afinal de contas é você que irá pagar mesmo.
Mas e a família da Marcinha? Eles não ajudam em nada? Nesse momento você descobre que a família dela mora em um sitio em Rondônia, e nem celular pega, mas ela jurou que mandou uma carta avisando.
Mas isso não é tudo! Você como boa mãe que sempre foi, vai fazer uma faxina no novo ninho de amor de seu filhote, que mais parece um chiqueiro. O banheiro, por exemplo, precisou ficar duas horas de molho na água sanitária para descobrir qual era a cor do piso, mas mesmo assim eles estão felizes! E você?
 Bem, depois disso, ainda vai ao supermercado mais próximo e faz a primeira compra do casal, todos os sabores do miojo,e compra molho pronto, lasanha pronta, pizza pronta,feijão pronto e  tudo pra não dar trabalho para sua norinha e para o seu filhinho, que diga se de passagem não sabem fritar um ovo. E ajuda a guardar tudo bem rápido pra deixar os pombinhos a sós, afinal de contas, ninguém quer uma mãe e muito menos uma sogra ao lado no primeiro dia de casa nova.
E então você volta então pra sua casa,vai direto pra geladeira, pega o seu champanhe de um milhão de dólares, guardado para uma ocasião especial, senta no seu velho e bom sofá  e cai na real!
 Agora o problema não é mais seu! A Marcinha que se foda! Agora ela que agüente! Liberdade!
 E durante o primeiro mês, você fica até meio sem ter o que fazer, a casa está sempre limpa,a conta de luz caiu pela metade, ninguém mais meche na sua carteira pra ver se tem trocado,nem pede seu carro emprestado, ninguém te pede pra procurar nada e seu dinheiro sobra pela primeira vez na sua vida!
 Inclusive você está até planejando uma viagem pra Europa, a viagem dos seus sonhos!
Finalmente vai poder fazer o que sempre quis, depois de 20 anos vai voltar a ser você e não a mãe de alguém...
Mas quarenta dias depois de você ter conseguido sua carta de alforria, ainda em lua de mel com você mesma,o telefone toca, você fica apreensiva, é o Neto e a cobrar! Aconteceu alguma merda, porque filho depois que cresce,só liga pra mãe quando acontece uma merda!
 Ai vem aquela musiquinha  insuportável, momentos de apreensão,após o sinal diga seu nome...oi filho!  O que aconteceu? E foi ai que ele me perguntou se eu estava sentada?
(nesse momento eu já estava quase histérica) Porra fala logo o que aconteceu? Ta me deixando nervosa!
 E sabem o que ele me disse? Você vai ser vovó! E nem reclame que a culpa é sua!
Como assim? Avó? Culpa? Minha? Você está louco?
 E achando pouco o susto ele ainda completou: Bem que a Marcinha disse que esse anticoncepcional que você comprou era fraco e não fez efeito pra ela!
E eu? Eu tive um ataque histérico, lógico! Já sai berrando.
Seus irresponsáveis, como é que vocês vão cuidar de uma criança se não conseguem nem cuidar de vocês? Dois fudidos, desempregados, e agora?
E ele com a cara mais lisa do mundo mandou na lata:
 Agora você pode dar uma forcinha pra gente né? Mãe é mãe!
Agora né lembra que tem mãe?Pra dar uma forcinha?  Você tá louco!  Agora que minha vida tava indo tão bem, que eu estou tão feliz!  Puta que pariu!
Eu tava tão chocada que desliguei o telefone na cara dele, puta da vida!
 Mas ai a raiva foi passando, eu fui pensando melhor e me dei conta de que essa casa anda mesmo muito vazia, sem vida, até que um bebezinho iria alegrar! Meu Deus eu vou ter um neto, bem que poderia ser uma netinha, sempre quis ter uma filhinha!
E resolvi então ligar para o meu filho.
Filho amor,desculpe o chilique da mamãe viu? Foi só um surto passageiro!Eu to te ligando pra falar que eu estou sim feliz por vocês e que vou fazer o que eu puder pelo bebê viu amor? Eu quero inclusive que vocês venham morar aqui com a mamãe pra eu ajudar vocês a cuidar do bebê!
 Mas sabem o que ele teve a audácia de responder?
Você ta viajando mãe?
 A gente não quer que você cuide do bebê! Avó sempre estraga a criança!
Como é? O que eu fiz? Eu fui super compreensiva.
E disse pra ele então vá se fuder,seu filho da puta! E desliguei o telefone na cara dele!  
                                        
                                 (e vai saindo do palco indignada, reclamando)

Adriana Manolio